6 filmes não-hollywoodianos para assistir no YouTube


O YouTube sempre foi o melhor lugar para se compartilhar vídeos de diferentes gêneros, incluindo filmes, sendo um grande aliado das divulgações, dos gênero que mais consumimos e que vem do mesmo lugar: Hollywood. Mas isso não é sinônimo de qualidade e filmes estrangeiros devem ter reconhecimento! Pensando nisso, juntamos o útil ao agradável, e, separamos 6 filmões de língua não-inglesa que podem ser assistidos na plataforma (com links!).


#1 Que horas ela volta? (Brasil- 2015)




Escrito e dirigido por Anna Muylaert, o filme tem potencialidade para ser considerado um futuro clássico do cinema nacional. Escolhido para representar o Brasil no Oscar de 2015, o filme trás Regina Casé interpretando Val, a personagem principal. Val é humilde e pernambucana que abdica da oportunidade de criar a filha para poder trabalhar em São Paulo na casa de uma família de classe alta. A personagem manda todas as suas finanças para que o avô de sua filha (Camila Márdila) a crie, enquanto a mesma, cria o filho (Michel Joelsas) do seus patrões. A trama gira em torno da disparidade de poderes aquisitivos e comportamentos de pessoas de diferentes classes sociais e como eles enfrentam os problemas familiares.



#2 Canções de Amor (França- 2007)


Entrando no Festival de Cannes e sendo um musical nada convencional o filme Canções de Amor se consolida com uma narrativa bela e músicas impactantes. Além de todo o efeito e melancolia que o cinema francês é capaz de passar, a história narrada é de dividida em três partes, fortalecendo o ponto discussão que o filme quer passar, entrando na categoria de drama e ao mesmo tempo de musical. A primeira parte se desenvolve narrando um triângulo amoroso, a segunda a depressão pós perda de uma pessoa amada, e, em seguida o ressurgimento de um novo amor. O personagem principal, vivido por Louis Garrel, se entrega para a narrativa, usando a voz e sua bela atuação.












#3 Medianeras: Buenos Aires da Era do Amor Digital. (Argentina- 2011)




Muitas vezes se assemelhado a um documentário, o filme é simples e narra a história de Martín (Javier Drolas) e Mariana (Pilar López de Ayala), pessoas com dificuldades de relacionamento na cidade de Buenos Aires. Narrando as dores, mágoas e alegrias é uma trama leve e divertida. Nota-se uma semelhança com as ideologias do sociólogo Bauman, o filme é uma representação amor líquido.


#4 Capitães da Areia (Brasil- 2011)


O filme é uma adaptação do livro de mesmo nome do autor baiano Jorge Amado, narra as mazelas vividas por jovens em situação de rua e como cuidam de si mesmo em meio a tantos problemas. Tendo como personagem principal Pedro Bala (Jean Luís Amorim), um líder de um grupo de meninos e Dorinha (Ana Graciela), que juntos formam um jovem casal apaixonável.



#5 Coco antes de Chanel (França- 2008)




Coco Chanel era uma jovem costureira que construiu um legado a partir da tentativa de empoderamento feminino, criticando o uso de roupas supostamente designadas para o gênero feminino, uma obra biográfica que traz Audrey Tautou em um papel impecável. Narrando a trajetória da estilista o enredo se sustenta em uma história viciantes e realista que lhe rendeu diversas indicações a prêmios cobiçados pelos produtores do cinema mundial.





#6 Amores Imaginários (Canadá- 2010)


Filme escrito e dirigido por Xavier Dolan, que é um dos personagens principais, narra o relacionamento entre dois melhores amigos, Francis e Marie (Monia Chokri) que acabam conhecendo Nicolas (Niels Schneider), e tudo se torna complicado. Criticando relacionamentos rasos e sem fundamentos, onde ambos amigos entram em um triângulo amoroso, o filme nos trás uma reflexão sobre o que é o amor. Com diversas analogias ao cinema mundial, é um drama lindo, produzido inteiramente na língua francesa e com característica do cinema europeu.


0 comentários: