AFROPUNK estreia no Carnaval de Salvador em parceria com BaianaSystem - Ashismos, por Ashley Malia

Últimas

quinta-feira, fevereiro 13, 2020

AFROPUNK estreia no Carnaval de Salvador em parceria com BaianaSystem

Foto: Luiz Maximiano | Divulgação

Mano Brown é um dos artistas que fazem participação no "aquecimento" do AFROPUNK na Bahia 


Considerado o maior festival de cultura negra do mundo, o Festival AFROPUNK desembarca em Salvador em novembro, mas não poderiam deixar de marcar presença no Carnaval da capital baiana. A bordo do Navio Pirata – o emblemático trio do BaianaSystem –, o AFROPUNK se une ao grupo, em uma parceria, nos dias 22 e 23 (sábado e domingo), no circuito Barra-Ondina, sem cordas.

No sábado, o Navio Pirata sai às 22h15, sob o comando do grupo baiano Afrocidade, natural de Camaçari e reconhecido como uma das mais potentes novidades musicais da Bahia. A banda traz uma fusão entre a poesia de resistência da população negra, junto a ritmos populares baianos, como arrocha e pagode, e sons universais como dub, reggae e afrobeat. Com direito às companhias de Russo Passapusso e Roberto Barreto, do BaianaSystem, quem também estreia no Carnaval de Salvador é Mano Brown.

“Pela primeira vez, iremos puxar um trio no carnaval de Salvador. Ter a oportunidade de dar continuidade a esse trabalho e evidenciar a música percussiva afro-baiana dentro carnaval, numa ação coletiva com o AFROPUNK, é muito potente e gratificante para gente”, afirmou o vocalista do Afrocidade, José Macedo.

Eles recebem ainda as participações de Cronista do Morro e do cantor do bloco afro Muzenza, Afro Jhow. Já no domingo, o BaianaSystem comanda o Navio Pirata, com as participações de Vandal, BNegão e Iracema Killiane, vocalista do Ilê Aiyê.

Aquecimento AFROPUNK Bahia

A participação da marca no carnaval baiano marca o “aquecimento” para o Festival AFROPUNK Bahia, a primeira edição do festival em toda a América Latina. Ele já acontece em locais como Paris, Joanesburgo, Londres, Atlanta, além do Brooklyn, onde teve início, em 2005.

A edição do AFROPUNK nas terras baianas acontecerá nos dias 28 e 29 de novembro.
“Ano passado, estive pela primeira vez no Carnaval de Salvador e senti uma conexão tão forte que não podíamos deixar de estar presentes nesta manifestação tão importante da cultura afro-brasileira. A Bahia me impactou à primeira vista e estamos muito ansiosos para a edição do Festival AFROPUNK lá. Será um momento marcante na nossa história”, destacou o co-fundador do AFROPUNK e CEO do Festival, Matthew Morgan.

Um comentário:

  1. Já não ocorreu o AFROPUNK em SP? Ou aquele não foi algo exatamente oficial?

    "Ano passado, estive pela primeira vez no Carnaval de Salvador..." e foi preciso Fioti revelar pra gente. uahsuahsuashua
    Se uma pessoa tivesse reparado nisso, já teríamos criado expectativas.

    ResponderExcluir